sábado, 10 de janeiro de 2009

Crash Test-Man estréia em grande estilo!

Os fãs do gênero já viram tudo quanto é tipo de super-herói: alienígena, andróides, morto-vivo... Mas duvido que alguém já tenha visto algo parecido com Crash Test-Man!

Isso mesmo, aqueles bonecos que vivem porrando em paredes para testar a segurança dos automóveis.

Pois bem, o personagem criado pelo quadrinhista brasileiro Waldomiro Vitorino acaba de fazer sua estréia este mês na edição 22 da revista de games e RPG Dragon Slayer.

A história de seis páginas coloridas - com roteiro de Waldomiro e André Valle, arte de Waldomiro, cores de Mauro Salgado e letras de Rubens Alves - conta a origem do Crash Test-Man, um boneco de testes de uma fábrica de automóveis que adquire vida depois de ser exposto a um isótopo nuclear roubado dos militares.

Além da vida, o boneco ganha também as lembranças de todo o sofrimento a que foi submetido nos incontáveis testes . Revoltado, começa a vingar-se da humanidade e a atacar os carros na rua, provocando vários acidentes.

Um deles causa um grande número de mortos e feridos. Assim, Crash Test-Man (que além da vida e da memória parece que também ganhou uma consciência moral), arrepende-se de seus atos e decide "lutar pela paz e justiça para todos".

Dito assim, não parece tão engraçado. Mas é uma das HQs nacionais mais divertidas desde a Mulher Estupenda.

Papo de Quadrinho conversou por e-mail com Waldomiro Vitorino para entender a que veio este novo super-herói brasileiro:

De onde saiu essa idéia de transformar um boneco de testes em super-herói?
A idéia surgiu no estúdio que eu trabalhava anteriormente como arte-finalista (trabalho com storyboards e animatics para agências de publicidade). Recebemos um roteiro de uma agência para um storyboard em que um ator fantasiado de boneco de testes seria o garoto-propaganda de uma famosa marca de automóveis.
O roteiro usava bastante a palavra "Crash Test" e os rascunhos que tinham sido feitos do personagem por alguma razão me fizeram imaginá-lo como um personagem de quadrinhos. Daí eu pensei: "Humm...Crash Test...Crash Test-Man! Fiquei repetindo esse nome que me veio na cabeça e instantaneamente imaginei o quão ridículo seria um boneco de testes super-herói! rsrsrs...

A idéia é essa mesma, fazer um humor do tipo Mulher Estupenda? Isso será mantido em novas histórias do personagem?
Sim, o humor foi intencional pois o personagem é ridículo por natureza, assim como muitos super-heróis são. A idéia é que Crash Test-Man seja meio bobo, até. Ter um pouco daquela saudosa ingenuidade da Era de Prata. Esse é o foco: histórias descompromissadas, simples, e tentar fazê-las divertidas e bem-humoradas.

Por falar nisso, quais os planos futuros para o Crash-Test Man?
Meus planos são continuar produzindo suas histórias e expandir seu universo gradativamente, introduzindo novos personagens e surpresas no meio do caminho. Estou focado nesse universo do Crash Test-Man. Atualmente estou trabalhando em sua 3º e 4º HQs. A 2º HQ tem 12 páginas e já está em fase final de letreramento.

E como surgiu essa oportunidade de publicar a HQ numa revista de games e RPG?
Essa história do Crash Test-Man já estava pronta há muito tempo e eu não tinha conseguido publicá-la ainda. Paralelamente, a Dragon Slayer estava publicando uma HQ seriada que tinha chegado ao seu fim. O editor da revista (Marcelo Cassaro) entrou em contato com o André Valle (que me ajudou com o roteiro da HQ) dizendo que precisava de uma história curta para colocar na edição seguinte. Mandei então essas páginas para o Cassaro dar uma olhada. Ele gostou e aprovou publicá-la.


Há mais informações e uma tira muito boa do Crash Test-Man no blog do Waldomiro. Visite!

9 comentários:

Ricardo Quartim disse...

Muito interessante essa premissa!
Além de tudo o boneco deve ser quase invunerável, pois é um bneco de testes!!!

@MOS disse...

rapaz num gostei naum, achei muito trash *sem trocadilho com crash*... sei lá dá pra ser mais profundo sem ir ao ridiculo...

Jota Silvestre disse...

Aí acho que é questão de gosto mesmo, amigo. Eu achei bastante divertido.

Abs!

Anônimo disse...

é cópia disso
http://en.wikipedia.org/wiki/Crash_test_dummy

Anônimo disse...

ou melhor isso
http://en.wikipedia.org/wiki/The_Incredible_Crash_Dummies

Lorde Lobo disse...

Bah! Tem gente que:
1) não entende as coisas mesmo;
2) gosta de malhar o que é feito por aqui, apenas para não reconhecer o que tem de bom, ficando apenas chupando o saco dos norte-americanos, japoneses ou europeus;
3) ou é idiota mesmo!
O tal anônimo não notou que o artista se inspirou realmente num desses bonecos de testes e ainda por cima acusou o Waldomiro de ter copiado!
Bah! Vai ser burro assim na @#$% que te pariu !
Sucesso ao Waldomiro e seu personagem!
Parabéns pela divulgação, Jota!

Ulisse disse...

Eu achei a idéia da HQ excelente e fiquei curioso pra ver a continuação.
Quem criticou não entendeu a proposta.

Tarsis Salvatore disse...

Achei divertido e descompromissado.Tá na cara que é uma brincadeira com os super-heróis. Mas, é uma questão de gosto.

Agora.. como assim plágio? Plágio de quem? Tá na cara que que foi inspirado nesses bonecos de testes, E DAI?

Fã de HQ é realmente estranho...

flávio disse...

Apesar de não ter lido o material, acho que os colegas não entenderam que o anônimo quis apontar as semelhanças entre o trabalho do autor e a série "The Incredible Crash Dummies", que também usa bonecos de teste como protagonistas.

Como, repito, não li nem um nem o outro, não dá pra dizer que a semelhança é maior do que a que há entre Savage Dragon e Hulk (oh, que absurdo! os dois são verdes e musculosos!) ou a entre o mesmo Hulk e o Smash de Rob Liefeld.