sábado, 1 de agosto de 2009

Motion Comics da Mulher-Aranha

Mesmo correndo o risco de me repetir, vou abrir esta nota dizendo que, para mim, os motion comics são o futuro dos quadrinhos na Internet.

A DC investiu recentemente no formato ao adaptar os 12 capítulos de Watchmen e condensá-los em DVD. A técnica consiste em dar movimento à arte original de uma HQ e acrescentar vozes, trilha e efeitos sonoros.

Agora, foi a vez da Marvel anunciar, durante a San Diego Comic Con, o lançamento de uma linha de motion comics. As primeiras serão Spider-Woman, Agente of S.W.O.R.D. (veja trailer abaixo) e Astonishing X-Men: Gifted.

Segundo o chefão Joe Quesada, o primeiro episódio de Spider-Woman estará disponível este mês no iTunes e, mais para frente, para Xbox e também no site da Marvel, para ser assistido online ou em download pago. No futuro, a HQ "animada" poderá sair também em DVD.

video

6 comentários:

Osvaldo disse...

Fala Jota!!!!
Legal velhinho já adcionei seu blog tb!
O Livro se chama Guerreiros lendários, autor Daniel Mersey, editore Ediouro.
Um abraço!!!!!

Anônimo disse...

Futuro ou não, isso é péssimo: se ler quadrinhos na internet não tem nada a ver. Quadrinhos é para se ler na cama, no banheiro, no ônibus, etc. E isso eu mencionei ao Alex Maleev, artista de Spider-Woman. Mencionei meu desagrado com tal iniciativa da Marvel. Enfim...
M Santiago

Jota Silvestre disse...

Fala, Santiago.

Olha, não esqueça do avanço da portabilidade. Logo, logo, vai dar pra "ler" estes motion comics no smartphone, computador de mão ou TV portátil tanto no banheiro quanto no ônibus.

De todo modo, assim como a Internet não acabou com os jornais e revistas, acredito que não vá acabar com as HQs em papel.

Abs!

Anônimo disse...

É, J, eu tb acredito que a HQ em papel não acabe mesmo, mas ainda assim eu prefiro no papel mesmo...Santiago

Jota Silvestre disse...

Então somos dois, amigo...

Abs!

Társis Salvatore disse...

Como leitor de quadrinhos, ainda não aderi a essas animações, embora sejam muito bonitas.

Não sei se esse híbrido enter quadrinho e animação é apenas uma paleativo por causa custo de produção de uma animação completa, ou é uma forma de usar a arte original de um determinado artista de modo "animado".

Guardando as devidas proporções isso me lembra os desenhos "desanimados" que existiam na minha infância :D

O que interessa mesmo é a possibilidade de "ler" de várias formas. estabelecido o coneito de mobile, ou seja, leitura de tudo na tela do celular que deixará de ser celular e será um computador portátil a lá Star Trek, essas animações tem tudo para emplacar com nossos netos, talvez até antes.

Quem viver verá.

Abs!