quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Universo Zenith 2 no NHQ

O roteirista e desenhista Leonardo Laino dá continuidade à publicação de seus personagens na editora online Núcleo de Quadrinhos, de Adriano Gon.

Neste número, o Guardião Brasil enfrenta Máscara de Aço. Mais que uma questão de força e poder, está em jogo o confronto de ideais entre um superagente patriota e um vigilante que opera à margem da lei.

O letreiramento, diagramação e capa são de Adriano Gon (com cores de Isis Doninha). Esta edição traz ainda outra heroína do Universo Zenith, Protetora, que, segundo Laino, foi inspirada na atriz Megan Fox (Transformers).

Para baixar Universo Zenith 2 gratuitamente, clique aqui. www.nhq.com.br

33 comentários:

Anônimo disse...

E ainda vêm dizer que a maldição do quadrinho nacional é o quadrinho de fora, leia-se Marvel e DC e o que eles ( os autores nacionais )criam? Quadrinhos de super-heróis, a la Marvel e DC. Vai entender!
M Santiago

Anônimo disse...

Guardião Brasil? E ainda metem o pau em nomes como Homem-Aranha, Capitão América...É...
M Santiago

Anônimo disse...

Sem falar que a capa é horrível...ocultaram o Cristo Redentor, quando deveriam achar uma fórmula de desenhá-lo sem que estivesse ocultado...as cores também estão muito ruins, não "casam" com a foto do Cristo, os personagens estão com as cores sombrias quando há sol, hava vista a foto do Cristo, tudo isso tem de ser pensado antes de se fazer uma arte que terá ao fundo uma foto. Não foi o caso desta vez.
M Santiago

Anônimo disse...

Pois é...quando os críticos criarem alguma coisa,o Cristo Redentor vai bater palmas,sr.Santiago. Até lá...

Anônimo disse...

Eu faço muito melhor que isso, Sr. Anônimo, não apenas criticar. Se é para fazer isso, eu prefiro ficar de fora.
M Santiago

Eduardo Manzano disse...

Talvez os amigos anonimos desinformados não saibam mas o quadrinho nunca esteve em fase tão boa, é só conferir nas bancas e comic book shops, mas quem
não tem coragem de assinar o que escreve como pode ser levado à sério não é? Dica legal pessoal:
Procurem pesquisar um pouco mais sobre o assunto antes de emitrem opinião, assim evitam a vergonha em próximas oportunidades!

Anônimo disse...

Eduardo, eu assinei...Meu nome é Marco Santiago e tem mais: já leio quadrinhos há mais de 35 anos e não me considero tão desinformado, como quer vc. Vc fala de que, quando se refere a quadrinhos nas bancas e comic shops? Nas bancas eu não vejo nada nacional ( de peso ) e nas comic shops aqui na minha cidade não existem e mesmo quando eu morava no Rio de Janeiro, não via nada de importante, digo, nacional. Eu gosto de quadrinho de qualidade pois me considero de bom gosto o que não é caso desta edição aqui postada.

Lex disse...

Caro,Santiago,quem vos fala é o próprio "criador" dessa HQ.Realmente,posso lhe dizer que no momento,estou fazendo minhas HQs por puro passatempo e diversão,e com o desejo de mostrar meu material aos leitores.Tenha em conta que se trata de um trabalho amador,não pertenço a nenhuma editora grande amreicana,não ganhei nada para desenhar essas páginas,fiz por pura vontade e amor aquilo que eu gosto,quadrinhos.Portanto,no momento,apenas críticas construtivas são bem recebidas.Você tem razão quanto a capa,saiu escura demais em contraste com o fundo,na próxima isso será levado em conta de minha parte.Só peço,caso você seja um leitor sensato,dê uma oportunidade aos quadrinhos nacionais,leia,se divirta,não compare injustamente com os pesos pesados Marvel & DC,afinal,o que dizer dos anos de experiência da induustria americana?E se você pode fazer melhor,gostria de ver seu material,até poderias me dar umas dicas e ajudar a desenvolver meu trabalho e o de muitos outros quadrinhistas.Abraço.

-Leo Laino,9/9/09.

Anônimo disse...

Leo, quando aqui eu fiz as minhas críticas, eu as fiz de maneira construtivas, pois já fui muitas vezes mal interpretado em muitos fotologs e acabei adquirindo muito "inimigos" pelas minhas opiniões. Eu torço pelo quadrinho nacional, Leo, pois já li muita coisa...sempre gostei do Judoka, Raio Negro, Homem de Preto, do Emir Ribeiro, enfim, eu só quero é que sejam bem feitos, não precisa ser num nível da Marvel ou DC, até porque nessas editoras tem muito artista ruim...Você quer coisa pior que Rob Liefeld??? A gente pode sim manter contato, claro, meu email é marcosantia@gmail.com, ok? Valeu?
M Santiago

Allan Rojas disse...

"não pertenço a nenhuma editora grande amreicana,não ganhei nada para desenhar essas páginas,fiz por pura vontade e amor aquilo que eu gosto,quadrinhos"

Cara, se você tivesse ganhado algo pra desenhar iria ter saido melhor? Foi o que deu a entender, e isso prova que você não fez com "amor" aos quadrinhos, fez por algum outro motivo qualquer...porque se tivesse feito com "amor", teria saido melhor do que se fosse pago.

Rodrigo Vinicius disse...

O Leo é um grande artista e a iniciativa da NHq também é válida, existem comportamentos exagerados quanto a produção de hqs nacionais, há sempre essa visão critica exagerada por parte de leitores que nem sequer produzem alguma coisa, isso soa ridiculo, é o tipico comportamento do Brasileiro, vê Sarney metendo a mão no dinheiro da população vai ao bar, reclama, grita mas nem se esforça para mudar a situação, ai o vizinho vai participar de uma passeata contra o mesmo e o Beberrão diz, ih olha lá bando de vagabundo! não tem o que fazer não fica ai protestando!? já viu que não vai dar em nada!? pois é...coisa de Brasil, comportamento tipico de quem paga 20,00 no hamburger da McDonalds enquanto nos EUA o mesmo custa miseros 2 dolares hahahaha. qualquer esforço de mudança deve ser reconhecido no minimo por sua tentativa, ao invés de reclamar vamos nos mexer, o Nhq é uma iniciatuiva de abertura de possibilidades a todos que se dispuzerem a publicar suas Hqs, a critica do Marco faz sentido de uma forma construtiva pois o mesmo tem conhecimento técnico e especifico e acho que é sempre bom ouvir opiniãos de outros artistas como ele que tem coragem pra apontar os erros ao invés de ficar bajuçlando e forçando o artista ao erro, mas dizer que o Leo não fez com amor ou com dedicação? cara, fazer hq quando se trabalha, estuda e tem uma vida social é sim por amor a arte pois ele não ganhou nada pra isso e não entrou nenhuma grana, seria muito mais fácil desistir, desenhar pra si algumas pinups e voltar a vida normal, não critique o tempo que o cara levou pra fazer o que ele mais gosta, porque ele ao menos está produzindo alguma coisa ao contrário de muitos que apenas colocam seus sonhos de lado.
Parabéns Léo!
um abraço
Rodrigo Vinicius

Anônimo disse...

Allan, não se faz nada APENAS por amor, há de se ganhar algo por isso ( se o Leo vender esse material, ele vai ganhar com isso ) , até porque vc está trabahando em algo e MERECE ser recompensado por isso, assim sendo, é óbvio que se alguém trabalha ( vejamos Mike Deodato ) para o mercado exterior, por exemplo, há de ser pago por isso, é um trabalho como outro qualquer. Mike gosta do que faz? Sim, pode ser...Ele faz por amor? Não sei! Pergunte a ele! Agora, que ele ganha com isso, ah, sim, ganha e muito, haja vista o contrato dele com a Marvel! Vejamos o meu próprio caso: eu desenho pro exterior, gosto do que faço, senão, não estaria nessa trabalhando numa agencia de turismo de 9 às 18h, chegando em casa para jantar, tomar banho e desenhar à noite, cansado e com 50 anos no lombo, ah, e ainda namorada para se dedicar, em suma, é f...Gosto do que faço? Sim, com mencionei antes! Faço por amor? Não, faço pelo dinheiro ( pouco ) que me dá, já que tenho filho para dar pensão, namorada pra sair quase todos os fins de semana e ganhando nessa agencia 500 reais por mês!!! No ultimo trabalho que fiz, recebi 900 reais por 36 páginas ( 36 e não 22 como é de costume numa hq americana!!!! ) a lápis. Não me considero um grande desenhista, se fosse ao contrário, estaria numa Marvel ou DC da vida, mas estou tentando caminhar para esse objetivo, haja vista, a Marvel ou mesmo a DC ter muito artistas com estilos medíocres. Rodrigo, eu NUNCA disse aqui que o Leo não teve amor ou dedicação ao desenhar a edição dele. Se vc entendeu assim , me desculpe.
M Santiago

Anônimo disse...

E Rodrigo, não me compare a Sarney ( se essa foi mesmo a sua intenção ), eu sou honesto e sempre serei e nem tive alguma vida política e nem terei.
M Santiago

Rodrigo Vinicius disse...

não Santiago nao esto te comparando a Sarney cara, você me entendeu errado, não estou criticando a sua opinião, na verdade as ssuas opiniões tem fundamento e o parabenizo pois você consegue mostrar os erros sem ser grosseiro, estou dizendo que alguns leitores nem se prestariam a fazer o papel de uma critica construtiva eles preferem não ler e sair logo atirando pedra(não é o seu caso) o que acho que não fundamenta nenhum tipo de critica, minha ressalva foi contra o sr. Allan que criticou a atitude do Leo e não seu material e acho que isso não é legal pois o Leoacredita realmente no que faz e segue tentando, sacou! todos nós artistas erramos, faz parte de algo que ainda está nascendo mas dizer que o cara não faz isso por amor, isso sim é uma ofensa pois ele não ganha nada para isso e abdica as vezes de um tempo que não tem por que relmente curte o que faz.
Vou usar o que estou passando para ilustrar, eu acordo 6 da matina pego no trampo 9 almoço 12 volto 1 saio 6 pego na facul 7 saio 10 chego em casa 11 voi dormir 12 e ainda assim desenho todo dia nem que seja maia hora, mas parae desenho??? eu não deveria estar dormindo? sacou Allan, cara por favor leia a revista e faça suas criticas, boas ou ruins servirão para o crescimento do artista, eu por exemplo nunca fui criticado nos flogs mas troco ideia com outros artistas por msn que sempre apontam meus erros e nem por isso deixamos de nos falar, é algo que gosto o que não suporto é essa posição de preconceito ao quadrinho nacional, as Hqs continuam sendo 15 minutos de entretenimento sejam elas nacionais, americanas, europeias ou japonesas.
um abraço a Todos.

Rodrigo Vinicius disse...

Mas uma Vez Marco, eu não estava falando de você...estava falando do conmentário do Allan.

Anônimo disse...

Valeu, Rodrigo, eu entendi sua opinião. É, na verdade, eu sempre tento ajudar, não criticando por somente criticar e sim tentando ajudar, mas às vezes, sou meio que incompreendido. Certa vez, eu falei isso com o Emir Ribeiro. Não sou de ficar bajulando ninguém, quando acho que está errado ou mesmo quando está certo. Não acho que o Leo seja um bom artista, ele precisar melhorar, ASSIM como eu também. Nem eu mesmo me considero um bom artista, apesar de alguns me dizerem que já estou num nível da Marvel...longe disso, não dá para me comparar com artistas que tem um dia inteiro para desenhar, pois só tenho algumas poucas horas.
Vejo por exemplo, Bryan Hitch, só para citar este... o cara é f...o maior para mim, na atualidade, agora, o cara tem estúdio, trabalha com modelos, fotos e o c...! Eu li uma entrevista do Ed Brubacker, em que ele diz que passa a Hitch um roteiro de 22 páginas e Hitch entrega o mesmo roteiro COM 30 páginas, discutindo isso e aquilo, dando idéias novas!!!!! Isso é que amor aos quadrinhos!!!! Para mim, os maiores artistas da Marvel são Mike Deodato, Greg Land, Michael Lark, Salvador Larroca ( de Iron Man ), Hitch, S Immonen, Alex Maleev, esses caras são f...Dando um conselho, se conselho é bom...eu diria a Leo que ele tem, primeiro de fazer um curso, depois observar bastante diversos estilos, se possível os que ele se identifica mais para poder seguir essa linha...depois disso, invariavelmente, ele achará seu estilo próprio. Sobre meu estilo...Nunca levei para o lado das desavenças quando sou criticado. Sempre aceitei as críticas ao que faço, de maneira positiva, para um aprendizado. É assim mesmo...Certa vez, Greg Land foi muito criticado por usar demais fotos em seus trabalhos. Eu discordo: a arte dele é fantástica, INDEPENDENTEMENTE do processo que ele usa. Amigo, certa vez, um amigo meu criticou Alex Ross por ele usar fotos em seus trabalhos. Ross é gênio, pois não basta somente usar fotos, a maioria usa, para refs. ( inclusive eu ), agora, saber usá-las é que o X da questão. Nem todos tem o talento para saber usá-las SEM precisar copiá-las tal qual elas se apresentam. Bem, é isso...Ufa, ainda bem que vc n me comparou a Sarney...e olha que sou da terra dele, Maranhão, hein?
M Santiago

Rodrigo Vinicius disse...

ehehehehe, valeu Santiago, assino embaixo tudo que você falou e levo para mim inclusive pois estou passando por esse periodo de tentar identificar o meu estilo e o que mais satisfaz, infleizmente esse mercado de hqs as vezes é cimcompreensivel com o artista e é impossivel agradar todos os leitores, tem os que gostam dos mais relistas e os que gostam dos estilizados mas se vc verificar os titulos possuem artistas de todos os estilos, eu mesmo também já critiquei o uso da referência exagerada como o Greg usa e inclusive o Maleev que tira fotos dos seus scenários e os trata no photoshop mas ainda assim admiro o Maleev (o Greg eu não gosto, hoje acho imprescindivel a referência, estou usando muito pois estou estudando perspectiva e construção de cenários, eu acho que o importante é o artista não parar de estudar independente de criticas ou bajulações, acho o Leo é um grande artista não pelo conhecimento mas pela força de vontade e iniciativa sacou?! acho que ele pode estudar assim como eu estou estudando para me encontrar no estilo, a tua opinião Marco não serve só pra ele cara, serviu pra mim também, o seu trabalho é sim um trabalho de qualidade mas nunca se contente com isso, esteja sempre procurando melhorar porque no dia que estiver satisfeito tatalmente com o que faz vai olhar para a folha em branco e não sentirá vontade de desenhar nada pois já terá feito tudo o que queria e nós sabemos que a graça da vida está ai, na busca por um objetivo que nós sabemos que dificilmente iremos alcançar com plenitude, é a jornada que nos traz a felicidade e não o destino.
um abraço
Rodrigo Vincius

Anônimo disse...

Isso mesmo Rodrigo...Eu até queria fazer um a capa com os personagens do Leo numa futura edição dele, mas tenho de conversar com ele antes. É...o dia que eu parar e achar que não tenho mais nada a aprender, sou um artista morto, Rodrigo. Essa é a morte para um artista...achar que já sabe tudo...Eu vejo alguns artistas do passado e de hoje, vejo o estilo deles antes e vejo agora, como os caras evoluíram e como!!!! Veja Travis Charest, Bryan Hitch, Alex Maleev, Greg Land ( só para citar estes ) uns 15 anos antes e compare com os estilos deles hoje em dia. Felismente, hoje em dia, há uma diversidade de estilos, o que não acontecia antes, alguns anos antes, na Era Image, algo como eu classifico de era tenebrosa nos quadrinhos. Cara, o maior artista daquela era desastrosa foi Travis Charest e continua ainda hoje sendo, mas infeslimente, ele não consegue manter um nível satisfatório numa revista mensal. Foi um tempo desastroso pois todo mundo devia desenhar como Jim Lee, o papa daquela época. Nunca fui fã de Lee e não gosto até hoje. Ele não tem uma boa narrativa somente sabe desenhar pin-ups, essa é a linguagem dele nos quadrinhos.
Espero que minhas dicas ( quem sou eu! ) tenham sido satisfatórias a vc...assim como eu as mencionei, foi assim que também aprendi alguma coisa nessa ramo de quadrinhos.
abs
Marco Santiago

Anônimo disse...

Rodrigo, qual o seu email para a gente manter contato? O meu é marcosantia@gmail.com, ok?
M Santiago

Anônimo disse...

Rodrigo, veja essa capas e páginas:
http://www.comicscontinuum.com/stories/0909/11/marvelfirsts.htm
São todas da Marvel.
Santiago

Anônimo disse...

Veja as páginas de Deodato e B Hitch nesse link, Rodrigo.
M Santiago

Anônimo disse...

Outro grande artista da Marvel, Rodrigo: Steve Kurth.
Santiago

Rodrigo Vinicius disse...

rvoabreu@hotmail.com
sou fanzaço(???)do Deodato e tenho algumas paginas do Hitch também
no Ultimates então nem se fala e no quarteto tbm.
pode me chamar de modinha, mas eu uso muito mais o orkut do que o Msn ehehehehehehahahahahaha
será que vc tem me add ai
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=15533641446540809474

Rodrigo Vinicius disse...

acho que te Achei Santiago!
não uso msn, só a noite pq aqui no trampo só dá pra usar o orkut tem uns desenhos lá pode descer o pau principalmente no novo estilo que estou tentando usar!
abração

Anônimo disse...

Opa, vc tá nos meus contatos no Orkut, apesar de n gostar de Orkut...Vc tá no facebook?
MA

Anônimo disse...

Rodrigo, eu já conheço seus trabalhos, pelo fotolog que vc tem e pelo Haeckel que conheço b. Mundo pequeno esse. Não acho seu trabalho ruim, apenas é questão de estilo, assim como podem não gostar do meu estilo. Eu vou mandar algum a coisa minha, ok?
abs
MS

Anônimo disse...

Mandei um email a vc, depois veja.
MS

Lex disse...

Antes de mais nada,obrigado pelos comentários de TODOS.Bem,quero dizer que eu tambem acredito que devo melhorar e muito de estilo ,mas pra isso preciso dar sequencia,continuidade...é aquilo nem sempre temos tempo ou possibilidades de realizar,isso depende de varios fatores e da vida de cada um.Mas o que eu quis dizer,é que eu faço por amor sim,no sentido de fazer o que eu gosto.Claro que eu gostaria de receber $$$ pelo meu trabalho,não sou hipócrita.Mas eu quero desenvolver um estilo próprio,não quero copiar,ou ser clone,já fiz isso uma vez,clonando Jim lee rsrs,só perdi tempo.Eu curto muito os artistas dos anos 70,80s Entre eles,Jack Kirby,John Byrne,George Pérez,Jim Starlin,Mike Zeck,Michael Golden,Frank Miller(dafase do Demolidor),os Buscemas,Alan Davis,etc...dos 90s eu gostava mto de Jim LEE e Silvestri,Mike Deodato,Mignola,Kevin Maguire,Adam Hughes,Alex Ross...
Atualmente curto Oliver Coipel,Ethan Van Sciver,Ed Benes,Ivan Reis,Joe Bennett,Andrea DiVito,etc...
Uma coisa é certa:adoro desenhar e criar meus personagens,mesmo que alguns deles sejam combos de outros conhecidos,até pq é muito dificil criar persoangens originais hoje em dia...mas em 1940 tb era ,certo?Acaso o Cap. Marvel n'ao era uma copia do Superman?Enfim,quero dizer que cr[iticas boas ou ruins sáo aceitas,faz parte.Mas pelo menos,leiam as HQs nacionais,não vão perder nada,nem um tostão rsrsr.Abraço!

Quadrinhos Em Ação! disse...

Conheço os 2 artistas,Marco Santiago e Leo laino.Ambos tem estilos diferentes entre si e metas tb.E curto o trampo dos 2!
Leo Laino faz HQs por diversão,com forte influência das HQs e autores da Marvel dos anos 70 e 80(principalmente Jack Kirby,John Byrne,José Luiz Garcia-Lopez,George Perez).Gosta de roteiros mais divertidos e despretensiosos(houve,dos anos 90,com a Era Image até hoje muitos roteiros meia-boca,cheios de pretensão).
É justamente por conta disso que acompanho as hQs dele e que venham mais!Eu compraia se tivesse em banca!
Melhorar e evoluir? Todos temos!Até o papa da HQ francesa indie,Moebius,fala isso até hoje!

Quadrinhos Em Ação! disse...

Leo Laino criou um grande universo de personagens,o que não é fácil.Muitas vezes falo que são personagens e conceitos demais,que deveria deixar alguns na gaveta,pra ficar mais coeso e simples.Senão fica igual aos X-Men nos anos 90:mais membros que a a torcida do Corinthians,a Gaviões da Fiél,sem muito foco em alguns.
Independnete disso,curto as HQs dele,pq eu vejo que faz por amor mesmo!Os roteiros dele são para divertir e entreter,mas,cheios de ação tb(coisa muito difícil hoje em dia,por conta de pretensiosos roteiros Marvel e DC).Outra grande influência dele são as HQs inglesas da 2000 AD e tb a HQ argentina(ele morou um bom tempo lá e tinha contato com os feras daquela época,indo à editoras,eventos,estúdios,fazia fanzine pra praticar,etc).
Embora a realidade deste universo seja a brasileira,suas cidades são fictícias,tendo por base,as reais.Como no universo Dc onde existem Metrópois,Gothan City,Central City,etc.
Sobra arte,eu acho ela legal pra consumo.Como o roteiro,ela não é pretensiosa,apenas quer passar sua mensagem e entreter.Ele consegue passar com algumas poucas páginas,o que um roteirista americano tenta e não consegue me 22 páginas.Parte da influência das HQs e autores da 2000 AD.No fundo é uma homenagem aos bons quadrinhos dos anos 70/80,que tinham mais desenhistas com estilo variado,uma visão que agrada ao Leo.Ele não tá preocupado,à priori,à ser clone de algum artista da moda pra vender.Ele quer fazer do jeito dele,com a linguagem dele e forma de ver e ser autêntico ao universo Zenith que le criou.Faz com a devida qualidade,dentro dos limites dele,que é aceitável pra consumo.Existe qualidade sim,mas a qualidade que não depende do que a Marvel ou DC acha que seja.
bato palmas pra ele!Ao menos ele é autêntico e faz algo de qualidade aceitável pra consumo!Quando sair revista com o nome dele na capa,eu compro!

Anônimo disse...

Eu e o Leo já estamos mantendo contato para a próxima capa seja minha, ou seja, eu vou desenhar a capa do próximo trabalho dele, pois o Leo é muito gente boa e será uma honra fazer a próxima capa da edição dele. Tudo em nome do amor pelos quadrinhos, meu, do Leo e de toda essa rapaziada que sempre curte as bancas atrás de novas revistas, assim como eu, que sempre estou nas bancas ávido pelos meus artistas prediletos nas revistas da Panini.
Grande abraço a todos aqui...
M Santiago

Jota Silvestre disse...

Esse blog nasceu para falar de quadrinhos em geral e foi muito bacana descobrir a grande quantidade de produções nacionais para divulgar.

Infelizmente, quase sempre uma nota sobre uma HQ brasileira descamba para o esculacho e críticas destrutivas.

Não foi o caso aqui. Fico feliz em ver que até uma parceria nasceu deste debate.

Valeu, pessoal!

Haroldo do Vale Junior disse...

Depois de ter baixado, lido e prestado bastante atenção nos dois números de Universo Zenith, e cheguei a uma conclusão:

1-Mesmo sem ser profissional a arte do Léo dá de 10 a 0 em muitos que se dizem profissionais por aí!(apesar de eu achar que se a finalização ficasse mais limpa ficaria mais agradável aos olhos)
2-O roteiro é simples e nos remete para uma época em que aprendi a apreciar alguns artistas bons como George Perez e John Byrne.
3-Assim como eu, o Léo faz sim com muito amor seu trabalho, por que pra tirar da cachola personagens criativos como os dele, só gostando muito do que faz e dando muito de sí.

Léo, de 0 a 10, dou nota 7 pro seu trabalho. Acho que se você tentasse colocar cores na finalização, ficaria melhor ainda, pois não acho que o seu traço conbine com preto e branco, por que às vezez a arte fica confusa(veja bem, não sou profissional, mas apenas um amigo querendo ajudar)

no mais quem quiser comentar de qualquer jeito sobre o que eu faço, procure aqui o meu trabalho: www.jab-pink.blogspot.com